• Marco Antonio Silva Jorge

Promovendo Produtos através do Programa de Marketing de Afiliados para consolidar sua renda on-line

Revise o produto/serviço do qual você é afiliado —Quando você começar a promover seu produto/serviços, você vai querer escrever um comentário para cada um que você promover. Uma revisão geralmente é apenas uma página e contém as seguintes informações:






1. Nome do produto, serviço ou site



2. Descrição — Uma breve descrição do produto, serviço ou site



3. Disponibilidade — Onde o item pode ser comprado ou acessado



4. Prós — O que você sente é bom sobre o produto



5. Contras — O que você não gosta sobre o produto



6. Preço — Você acha que o preço é justo, muito alto ou muito baixo



7. Recomendação — Por que você recomendaria ou não este produto e quem você recomendaria para


8. Comentários adicionais



9. Informações de contato — Deixe-os saber as informações de contato do proprietário do produto/serviço/site


Se você quiser obter produtos que você pode experimentar e, em seguida, revisar em seu blog, há duas maneiras de obtê-los:


1. Junte-se a uma rede de revisão de blog— Basta preencher um formulário com informações sobre você e seu blog. Uma vez que você faz, você vai receber convites de revisão. Você decide quais você aceita e quais você recusa. Se você aceitar o convite, você geralmente recebe um produto, e é seu para manter. Use-o e escreva uma crítica. Às vezes, além do produto, você receberá uma forma de compensação nominal como um cartão de presente ou entrada de sorteios.



Algumas redes que você pode querer considerar são:



• Avaliações patrocinadas(http://www.sponsoredreviews.com/)-- Avaliações patrocinadas podem ser usadas para atrair pessoas que escreverão uma revisão honesta do produto. O incentivo para eles é que eles vão ganhar dinheiro.



• Prêmio — Se você se tornar um membro livre, há uma chance de você se conectar com uma empresa de RP.


MomSelect (http://www.momselect.com/)— Uma rede de revisão aberta a blogueiros e não blogueiros.

A desvantagem das redes de blogs é não poder selecionar os convites que você recebe. Você pode estar interessado em tecnologia, e seu blog pode estar centrado nele. Você quer encontrar bons produtos para se tornar uma afiliada e você quer experimentá-los primeiro para ver que eles são produtos de qualidade, mas você pode receber convites para detergente de prato ou shampoo em vez disso. Você pode recusar, é claro, mas realmente aceitar e fazer avaliações para eles lhe dá uma boa oportunidade de praticar comentários de escrita para os produtos com os que você deseja se tornar um afiliado. Eles também ajudam a aumentar seu público, o que é importante. Esta é uma ótima maneira de novos blogueiros começarem a aumentar o tráfego para o seu site.



2. Pergunte por eles— Encontre a empresa com a qual você está interessado em se tornar um afiliado. Pergunte a eles se eles estariam interessados em enviar-lhe um produto que você gostaria de escrever um comentário e possivelmente promover em seu site. Conte a eles um pouco sobre você e seu blog. É preciso um pouco de trabalho para que seu inquérito seja elaborado para que seja claro e persuasivo, mas uma vez feito, vai valer a pena.



Certifique-se de que quando aceitar, é um produto que você acha que pode ficar para trás. Em outras palavras, se você nunca pagaria $100 por um par de jeans, então não aceite o convite quando receber. Será difícil para você convencer alguém a comprá-los. Também seria difícil para você promovê-los em seu site se você quisesse se tornar um afiliado.



Crie um tutorial em vídeo sobre como o produto/serviço funciona —tutoriais em vídeo são ótimos para explicar tópicos "como" Você pode realmente mostrar ao seu público como fazer algo, e eles têm um ótimo visual que pode dar-lhes uma melhor compreensão de como um produto/serviço funciona.


Aqui estão os passos que você deve seguir para preparar um bom tutorial de vídeo:




Escreva um script— Selecione um conceito ou uma tarefa curta que você pode descrever brevemente. Você vai querer fazer isso em torno de 300 palavras, já que os vídeos são idealmente três minutos e não mais do que cinco minutos de duração. Faça o roteiro o mais parecido possível com a conversa.


1. Leia várias vezes e passe pelos passos que deseja mostrar ao seu público. Ter seu script em um monitor com os lugares onde você está para realizar uma ação destacada pode ajudá-lo a manter o foco e a tarefa durante o vídeo.



2. Prepare uma simulação— Decida o tipo de informação, evento ou outra tarefa que você deseja mostrar e execute-a. Certifique-se de que funciona e você pode mostrá-lo de uma maneira simples. Pratique algumas vezes para que você possa ter certeza de que suas ações estão alinhadas com seu script.



3. Registo da simulação e narração— Idealmente, isso é feito em três etapas:



• Grave seu script em um monitor e a simulação em outro monitor. Não se preocupe se você se desvie um pouco do seu roteiro. Acontece quando você está tentando ser conversador, e tudo bem. Tente manter sua voz natural, mas concentre-se na simulação. Obter ação de tela limpa e suave. Se for uma simulação de computador, não use um mouse touchpad. Os movimentos podem ser irregulares. Em vez disso, use um mouse normal e arraste-o suavemente. Evitar

mover o mouse ao redor quando você fala, porque faz com que a edição seja difícil.


Grave o áudio novamente— Você precisará separar o áudio do vídeo. Então leia seu roteiro de novo. Certifique-se de fazer uma pausa onde você precisa parar. Ao fazer esse tipo de narração, tente estar atento a coisas como: variando o tom da sua voz, evite rimas que sejam repetitivas, enunciam, falem com clareza e confiança, e misture o ritmo de sua fala para que você soe o mais natural possível.


Combine o tempo— Depois de gravar o áudio novamente, reproduza ambas as faixas simultaneamente. Combine com o tempo. Suas pausas podem não coincidir perfeitamente, mas não se preocupe com isso. Você pode ajustar o espaço entre as ondas de áudio e chegar perto.



4. Simulação pós-processamento— Passe pelo áudio e pela simulação e faça longas pausas que sejam desnecessárias ou quaisquer momentos de inação. Você pode adicionar chamadas quando necessário para chamar a atenção para algo que você quer mostrar na tela. Dê seu vídeo sobre um slide de título de dois segundos. Certifique-se de que ele descreve o propósito do vídeo. Desboce em sua gravação enquanto você desbota o título.



O tipo de software que você está usando fará a diferença nas opções que você tem para chamadas, anotações e animação. Apenas certifique-se de mantê-lo o mais simples possível. Quanto mais você adiciona ao seu vídeo, maior

o tamanho do arquivo. Quanto maior o tamanho do arquivo, mais demorado será produzir. Se você quiser integrar uma faixa de música, você pode navegar istockaudio.com para encontrar um loop ou picada.




5. Publique e integre o vídeo— Faça o vídeo em um formato MP4. Em seguida, carregue-o no seu servidor. Se você carregá-lo no YouTube, ele irá renderizá-lo automaticamente em HD. O uso de HD permite que qualquer texto que você use apareça limpo e não embaçado. O YouTube também possui um software de reconhecimento de voz que sincroniza automaticamente sua legenda com a voz. Basta carregar o script na seção legendas. O programa de sincronização automática ajuda os falantes não nativos e aqueles que têm dificuldade em ouvir para saber o que o seu vídeo está dizendo. A otimização do mecanismo de busca também é aumentada.



Recomende-o em seu Site ou Blog —Uma vez que você tenha criado o tutorial, você deseja que o maior número possível de pessoas o veja. Lembre-se que você quer conteúdo de qualidade. Se o seu público está engajado e animado, então eles voltarão ao seu site com mais frequência, e eles vão ficar nele por mais tempo.


É importante lembrar a regra de qualidade quando você está selecionando seus produtos. Muitos blogueiros não parecem selecionar seus produtos pela qualidade. Eles apenas promovem qualquer coisa. Outras vezes eles podem estar promovendo mercadorias de qualidade, mas eles não parecem se importar como eles promovem isso. Eles nunca usam uma nova abordagem para promover produtos. Você deve ter tempo para considerar o vendedor. Eles se preocupam com seus clientes e sua integridade. A má promoção de seus produtos não os faz parecer bem.


Essa é uma razão pela qual os tutoriais de vídeo são um sucesso. Eles dão aos seus leitores uma nova visão de um produto antigo ou uma primeira olhada em um novo produto. Isso ajuda a construir confiança com seu público quando você fornece a eles conteúdo que eles acham que é valioso.



Mídias sociais —Se você está procurando um meio poderoso que o ajude a se conectar com a massa, as mídias sociais são elas. Todas as pessoas que querem ser profissionais de marketing de afiliados têm que entrar em contato com muita gente. Sites de mídia social podem ajudá-lo a fazê-lo. As mídias sociais podem ser uma ferramenta poderosa para os profissionais de marketing afiliados. Sites de mídia social como Facebook, LinkedIn e Twitter dão uma chance de se conectar com as pessoas de diferentes estilos de vida e compartilhar o que você tem a dizer com elas.




Existem várias coisas que você pode fazer através das mídias sociais para ajudar a tornar sua estratégia para o marketing de afiliados bem sucedida. Eles incluem:


Promoção dos programas de afiliados— Uma vez que você tenha desenvolvido seus próprios seguidores, aqueles listados na lista de seus amigos poderão postar todos os seus posts e links. Você pode promover os produtos para os quais você é um afiliado através de posts e blogs em sua página. Páginas de fãs também podem ser criadas, o que ajudará a melhorar a promoção para você.



Vínculo com seu público— Você pode aumentar o número de seus contatos adicionando pessoas que apreciarão o que você tem a dizer. Ao criar grupos interativos, você terá melhor coordenação com seu público. Uma vez que você compartilhe as informações sobre seus produtos afiliados com o público, peça-lhes seu feedback. O feedback pode ser valioso tanto na construção de vínculos com seu público quanto em ajudá-lo a fazer modificações necessárias à sua estratégia. Deixe-os saber sobre seus produtos afiliados e procure feedback.



Mantenha-se atualizado— Você vai querer manter a corrente sobre o que está acontecendo na sua área de mercado. Através das mídias sociais, você pode sobre todos os lançamentos de novos produtos, e que o público realmente parece gostar. Isso ajudará você a conhecer as tendências atuais e ajudá-lo a ajustar suas estratégias de marketing de afiliados na direção certa.


Como você não será o único comerciante afiliado, a concorrência é alta para fazer sua estratégia bem sucedida. Aqui estão algumas dicas que vão ajudá-lo a obter uma vantagem sobre o mercado em sites de mídia social:



Foco em relacionamentos— Sites como Facebook, Google+ e Twitter são sites de mídia social. A palavra chave é "social". Certifique-se de fazer conexões com as pessoas certas e construir uma boa relação com elas. Tente ter uma página de fãs que não seja. Isso vai ajudá-lo a obter mais informações. Construir um bom e forte relacionamento com seus potenciais clientes ajudará na promoção. Eles vão querer passar o que você tem a dizer com os amigos em sua página.




Adicione marcadores sociais— Você pode colocar um botão de marcação social em seu site. Então, peça aos seus visitantes para seguirem. Dessa forma, se as pessoas que visitam seus posts como eles, é fácil para eles compartilharem. Não haverá uma taxa para usar marcadores sociais, então aproveite.


Blog mais inteligente... não mais difícil — Alguns blogueiros trabalham muito duro e passam horas após hora preparando blogs que raramente são vistos. Ao criar seus posts no blog, você planeja postar em seu site, blog inteligente. O foco principal deve ser chamar a atenção do visitante. Uma vez que você faz, dê-lhes informações informativas e precisas que eles vão achar valiosos. Se você fizer isso, sua presença nas redes sociais aumentará.



Aumentar sua presença na web é importante, e essas dicas vão ajudá-lo a fazê-lo. Uma vez que você tenha uma boa compreensão das mídias sociais, você vai achar mais fácil encontrar e se conectar com clientes em potencial. Uma vez que você tenha escolhido os produtos/serviços certos para promover, basta ser honesto e honesto com seus potenciais clientes. Se você fizer isso, você pode ganhar seus corações através das mídias sociais.



Lista de e-mails :Muitos blogueiros não sentem que podem ganhar dinheiro com o e-mail marketing, então eles não usam. Eles não conseguem ver as vantagens. Eles só sentem que não vale a pena o tempo deles, então eles não experimentam. Como um novo restaurante... você não vai saber como é se você não tentar. Você pode estar perdendo algo grande.



Existem alguns fatores que você não quer ignorar como um blogueiro que mais tarde será realizado como um erro. Aqui estão algumas coisas que você precisa estar ciente antes de começar sua campanha de e-mail marketing:



Construa a lista de assinantes — Você quer ter o maior número possível de assinantes em sua lista. Se seu e-mail fosse um blog, você teria tráfego para ele. No e-mail marketing, seus assinantes são o seu tráfego. Quanto mais tráfego você tiver para o seu blog, melhores ão os resultados. É o mesmo com e-mail e assinantes. Quanto mais você tem, maiores os resultados.



Seja original— Muitas pessoas que usam o e-mail marketing não praticam originalidade em seus e-mails. Esta é uma das melhores maneiras de transformar assinantes em não-assinantes. Se as pessoas não sentirem que seus e-mails contêm informações originais e valiosas, eles cancelarão a inscrição em um piscar de olhos. Eles não querem a caixa de entrada cheia de lixo.



Escreva para provar que está familiarizado com o que está promovendo— Nada é pior do que uma crítica "enlatada" tirada diretamente da cópia do anúncio. Os leitores querem sentir que você sabe do que está falando. Eles estão procurando um toque pessoal que mostre que você conhece o produto. Se puder, solicite o produto e use-o primeiro. Isso lhe dá conhecimento em primeira mão para compartilhar com seu leitor. Dessa forma, você poderá responder melhor às perguntas que seus leitores poderão ter sobre os produtos.



Escreva avaliações honestas— Todos os produtos que você revisa não serão "incríveis". Alguns serão apenas "medianos". Seja qual for o caso, é só dizer. Você pode dar às suas avaliações uma classificação de final simples como 1-2-3-4-5. Certifique-se, no entanto, de dar-lhe a classificação que você sente que merece.



Não use muitos links— os links são ótimos e você quer usá-los, mas não adianta ter cinco links no primeiro parágrafo na mesma palavra-chave. Você pode limitar o número de seus links se você for mais criativo e eficaz com os que você usa. Por exemplo: Tenha banners gráficos personalizados que dizem coisas como: "Saiba mais sobre o produto", "Exibir o produto" ou "Checkout minha avaliação". Estes permitem que o leitor saiba exatamente o que eles vão receber na outra extremidade do link. Estes atraem o leitor, e atingem seu interesse pelo produto.




11 visualizações0 comentário
 
Interidade Cursos Online e Marketing Político, Home Office e Negócio © 2021 by Marco Antonio Silva Jorge is licensed under CC BY-NC-ND 4.0

Interidade Cursos Online e Marketing Político, Home Office e Negócio by Marco Antonio Silva Jorge is licensed under CC BY-NC-ND 4.0

Autosurf Websyndic Otohits.net, fast and efficient autosurf